VTA MicroTurbine

Eletricidade a partir do gás de esgoto: limpa, eficiente, de baixa manutenção

VTA MicroTurbine

Reciclar o gás de esgoto de forma económica e ecologicamente sensata: A VTA revolucionou a geração de eletricidade e calor nas ETAR com a MicroTurbine.

A unidade inovadora do fabricante Capstone abre possibilidades completamente novas para a reciclagem do gás de esgoto de uma forma que faz sentido tanto da perspetiva económica como ecológica.

Com tamanhos diferentes,  as turbinas são adequadas para as ETAR de qualquer dimensão. Baixos custos de manutenção, emissões de gases de escape e sonoras extremamente baixas e insensibilidade relativamente às flutuações das qualidades dos gases são pontos positivos decisivos da MicroTurbine em comparação com as centrais de produção combinada de calor e eletricidade.

As microturbinas podem ser facilmente integradas no funcionamento dos sistemas existentes e instaladas tanto no interior como no exterior dos edifícios. Os sistemas são compactos, foram comprovados no terreno e são absolutamente fiáveis.

VTA GSD Geração de eletricidade através de gás de esgoto

GSD

Baixos custos de manutenção, emissões de gases de escape e sonoras extremamente baixas e insensibilidade relativamente às flutuações das qualidades dos gases: Estes são os pontos positivos decisivos da MicroTurbine.

Vantagens

quase que não necessita de manutenção graças aos rolamentos de ar
sem necessidade de trabalho, intervalos de assistência (8.000 horas)
sem lubrificantes, sem líquido de refrigeração
custos de conservação extremamente baixos
emissões de gases de escape extremamente baixas (NOx < 15 ppm)
silenciosa, sem vibrações
construção compacta, pouco peso
excelente comportamento de carga parcial de 0 a 100%
Capaz de funcionar isoladamente (fornecimento de energia de emergência)
Entrega chave na mão a partir de uma fonte

TECNOLOGIA INOVADORA


Com módulos nas classes de potência de 30 kWel a 200 kWel, as unidades inovadoras do fabricante Capstone são adequadas para as ETAR de qualquer dimensão. Dependendo do sistema (processo de combustão contínua), as microturbinas conseguem lidar de forma excelente com gases regenerativos, tais como gás de esgoto, biogás, gás de aterro ou outros gases pobres e convencem com o seu comportamento excecional de carga parcial. Aquando da sua utilização na produção combinada calor e eletricidade, atinge-se uma eficiência total de até 85%.

As microturbinas podem ser facilmente integradas no funcionamento dos sistemas existentes e instaladas tanto no interior como no exterior dos edifícios.

As unidades foram comprovadas no terreno e são absolutamente fiáveis.

O gerador funciona com a mesma velocidade que a turbina (até 96.000 rpm) porque o íman permanente está localizado diretamente no seu veio de transmissão.

A corrente alternada de alta frequência (1600 Hz) gerada deste modo é retificada na eletrónica de potência da turbina, sendo depois novamente invertida para corrente alternada (50 Hz / 400 V).

Para tal, não é necessário um controlo de frequência separado; o ponto de regulação é fornecido pela rede.

Deste modo garante-se que a turbina funciona sempre em sincronia com a rede.

VTA MicroTurbine

Um trabalho limpo

A potência da turbina é regulada, graças à "engrenagem eletrónica" - através da velocidade. Isto significa que não há praticamente qualquer perda de eficiência, mesmo no funcionamento com carga parcial. Esta é uma verdadeira proteção do clima: Com base no seu funcionamento técnico, a MicroTurbine atinge valores extremamente baixos de gases de escape (NOx < 15 ppm referentes a 15 % de O2), que não podem ser atingidos com uma tecnologia comparável.

Gráfico VTA MicroTurbine Carga total

Funcionamento

A MicroTurbine foi desenvolvida com base na indústria aeronáutica e de turbocompressores. Tal como os acionamentos auxiliares em aeronaves, a eletricidade é gerada por um gerador de íman permanente de funcionamento rápido, acoplado sem a intervenção de uma caixa de velocidades mecânica. Graças aos rolamentos de ar sem manutenção, a utilização de lubrificantes passa a ser completamente desnecessária.
 

O ar de combustão entra na MicroTurbine O combustível é adicionado e queimado na câmara de combustão. Os gases de combustão quentes são expandidos na turbina, acionando assim o compressor e o gerador. Graças à tecnologia de recuperador (pré-aquecimento do ar pelos gases de escape quentes) podem ser atingidas eficiências elétricas de 26 a 33%.

O íman permanente está localizado diretamente no veio de transmissão da turbina, de modo a que o gerador funcione com a mesma velocidade da turbina (até 96.000 rotações por minuto). A corrente alternada de alta frequência (1600 Hz) gerada deste modo é retificada na eletrónica de potência da turbina, sendo depois novamente invertida para corrente alternada (50 Hz / 400 V). Para tal, não é necessário um controlo de frequência separado; o ponto de regulação é fornecido pela rede. Deste modo garante-se que a turbina funciona sempre em sincronia com a rede.

Consulta

Necessita de mais informações sobre os nossos produtos? 

Entre em contacto com os nossos especialistas e juntos encontraremos a solução adequada.

Contacto